domingo, 4 de março de 2012

Dança do Ventre - Um Mundo de emoções

Eu pratico a Dança do Ventre a 4 anos e em minha opinião essa dança é uma das mais belas e antigas artes. É uma arte milenar e através dela, a mulher passa a perceber o seu corpo de maneira instintiva.

Essa dança foi criada pelas mulheres e para mulheres, onde o homem não entra, a não ser para tocar derbake e outros instrumentos árabes (mesmo porque homem não possui ventre).

Há mais ou menos 12.000 anos, antes, inclusive do antigo Egito, numa época remota, já existiam danças ritualistas feitas para algumas finalidades. Porém, não há registros concretos que provem com exatidão e clareza, a origem da Dança do Ventre, mas há muitas teorias sobre suas origens, umas das quais é, que tem suas raízes na Índia e que de lá foi difundida pelos ciganos que divulgaram no Ocidente.

Também acredita-se que dança existiu como forma de arte nas cortes tanto sob o Império Romano quanto mais tarde no Império Otomano (Turquia) e que durante essa época, imagina-se
que a dança possa ter se espalhado por todo o mundo árabe.


Outros dizem que ela nasceu no Antigo Egito, e que traçaram no passado sua origem de acordo com
antigas danças rituais da Idade da Pedra, nas religiões que cultivavam a grande Deusa.

Havia, a dança da fecundidade, em que as mulheres ao redor das fogueiras, balançavam o quadril, pulsavam o ventre e contorciam-se como serpentes, em louvor a Deusa-mãe. E também, danças com sacrifícios para oferendas, rituais culturais, funerais, etc; Feitos por tribos bárbaras e nômades, dos desertos.

A DANÇA E O OCIDENTE

Como todos sabem, a Dança do Ventre é uma parte integrada na música árabe que tem fortes raízes que voltam ao passado da cultura árabe, retratando parte do dia a dia no mundo árabe; Pessoas se encontram, tocam e dançam.

O nome Dança do Ventre foi dado pelos franceses 'Danse du Ventre' para a dança na qual a bailarina mexia o estômago e o quadril de forma voluptuosa, ao som de ritmos orientais.

Infelizmente, claro, aqui no OCIDENTE, a dança logo se tornou "burlesca" e ganhou má reputação, houve também muita influência dos filmes americanos para a má interpretação da Dança do Ventre que emergiu no início do século 20 e até hoje as amantes dessa arte lutam para retirar esse rótulo e colocá-la em sua verdadeira posição, ao lado de outras formas de artes.


A verdadeira Dança do Ventre não deve ser confundida com a imagem publicitária que faz da bailarina um objeto sexual. A sensualidade existe, sem dúvida, mas em volta num clima de magia e misticismo sublimes. Seria maravilhoso se a Dança do Ventre pudesse ser reconhecida por sua importância, pois é uma dança milenar, portanto, tem um peso cultural que merece ser respeitado.



"Eu louvo a Dança, pois ela liberta as pessoas das coisas, unindo os dispersos em comunidade. Eu louvo a Dança que requer muito empenho, que fortalece a saúde, o espírito iluminado e transmite uma alma alada. Dança requer o homem libertado, ondulado no equilíbrio das coisas. Por isso eu louvo a Dança. A Dança exige o homem todo ancorado em seu centro para que não se torne, pelos desejos desregrados, possesso de pessoas e coisas, e arranca-o da demonia de viver trancado em si mesmo. Ó homem, aprende a Dançar! Caso contrário, os anjos não saberão o que fazer contigo."

( Santo Agostinho )





Fonte: Khan El Khalili


5 COMENTÁRIOS:

Glá disse...

"aqui no OCIDENTE, a dança logo se tornou "burlesca" e ganhou má reputação, houve também muita influência dos filmes americanos para a má interpretação da Dança do Ventre..."

Adança do ventre ganhou má reputação com a advento ISLAMISMO. Pois para o islã a dança é haren/pecado visto que mostra sedução, corpo da mulher e isso é proibido pelo maomé.

Ayesha عائشہ disse...

A dança do ventre ganhou má reputação AQUI no OCIDENTE pois se tornou burlesca. É sensual e logo ganhou uma imagem publicitária errada. Quando digo má reputação, não significa que ela não é aceita, como nos países Islamicos. Pelo contrário, ela é muito bem aceita AQUI no OCIDENTE, porém a maioria das pessoas adotaram um "olhar maldoso" para com essa dança.

Quanto a países Islamicos, sem dúvidas, dançar é só para o marido. Mas não estou falando sobre isso neste texto.

Pah disse...

adorei a matéria...já fiz dança do ventre tbm !! é muito linda esta dança

Kátia Malgueiro Karaman disse...

Eu fiz dança do ventre por um tempo... mas agora morando aqui na Turquia, numa cidadezinha pequena... nao tem aulas :( Mas ameeei a materia! adoro demais essa dança!

Grande beijo... ja te seguindo :)

Katia
http://nuncadesistodossonhos.blogspot.com

Andreza Hana disse...

Oie Ayesha, eu acho lindo a dança do ventre e confesso que já tive mta vontade de aprender.

Menina descobri que já sigo teu blog a algum tempo, hehe. Seja mto bem vinda no meu bloguito flor, fiquei mto feliz com a tua presença por lá ;)

bjiimm e ótima quarta-feira

http://meuamorpaquistanes.blogspot.com/

http://muslimahfashionn.blogspot.com/

Postar um comentário

que tal?

 

Show Me The Stars Template by Carly Lloyd Designs