quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Majida Khattari


Sempre me chamou atenção as polêmicas fotos de Majida Khattari, nascida e criada no Marrocos, a artista marroquina, desde 1996, é
artista visual e cineasta. Ela projeta objetos de moda, esculturas e roupas que não serve somente para cobrir o corpo, mas também, como ela mesma diz, para uma reflexão sobre a situação das mulheres nas sociedades muçulmanas. O Yashmak (véu) e chador (manto), são temas centrais de seus projetos.



Majida Khattari, “VIP Volie Islamique Parisien”, (2010)

No entanto, ela nunca toma posição a favor ou contra a yashmak (véu), mas mostra várias possibilidades de tratamento da corporalidade feminina e desenvolve alternativas de caminhos alguns humorístico ou irônico, alguns provocativa, que oferecem espaço para uma discussão controversa de véus e burqas, também em países europeus.

Majida Khattari também organiza seus
próprios desfil
es de moda e fotografias que também giram em torno da questão dos véus, burqas, niqabs e afins. A idéia surgiu durante um debate sobre o hijab na escola. A artista, que ainda não decidiu a questão, procura acima de tudo criar um diálogo.

Majida Khattari, “VIP Volie Islamique Parisien”
desfile-performance, Theatre de la Cité Internationale, Paris

Em Paris, Majida Khattari realizou um desfile/performance que nomeou ironicamente com a sigla “VIP” - Voile Islamique Parisien (Véu Islâmico Parisiense), no mesmo contexto de outras praticas efetuadas desde 1996 em torno do véu islâmico e a sua correspondência com diversos adereços da vestimenta ocidental. O desfile (VIP) terá sido uma forma de responder à polémica sobre o uso da burca na França, cuja proibição haveria de ser decretada três meses depois sob proposta da ministra da Justiça, Michèlle Alliot-Marie.

"A arte é provocação. E nós precisamos de provocação para avançar. Eu estou tentando destacar a ambigüidade e a complexidade da situação" (Majida khattari)

Majida Khattari, “Sac à Main Martyr”, (2007/08)

Majida Khattari, “Les Parisiennes (Voilée-Dévoilée)”, (2007/08)

Majida Khattari, “Les Parisiennes” (2007/08)

"Eu sou uma muçulmana a viver em França. Aderí ao islamismo, mas quero denunciar as práticas repressivas da fé e da ignorância de todos os regimes teocráticos.“ (Majida Khattari, Junho de 1999)








http://www.majidakhattari.com/

1 COMENTÁRIOS:

Janaina Elias disse...

Belíssima matéria!Adorei o trabalho da artista, sou formada em artes visuais mas ainda não a conhecia.Convido-a a visitar também o meu blog novo: azizamiran.blogspot.com
Abraços!

Postar um comentário

que tal?

 

Show Me The Stars Template by Carly Lloyd Designs