segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Os Árabes do Deserto

BEDUÍNOS

Por aqui, na Holanda, está tudo bem. A cidade de Amsterdã é tudo muito belo, romântico, interessente, etc ... Mas a saudade do sol é algo enlouquecedor! Nada comparado ao sol, à sua alegria, aos pássaros, às cores!
Aqui é inverno e a maioria dos dias não tem cores. O céu é cinza, as roupas das pessoas basicamente se constituem de preto e cinza. Os pássaros são brancos, grandes e solitários.

A abstnência de sentir os raios amarelados deste sol Brasileiro penetrando em minha pele é tão grande que me faz pensar incontáveis vezes em um deserto ensolarado. Pois é.. E quem é que nunca se maravilhou com o fascinante pôr do sol vermelho alaranja do deserto?

A melhor parte de toda essa história toda Oriente Médio, particularmente, são esses misteriosos árabes que moram no deserto, denominados Beduínos. Quem nunca viu aquela típica foto de um deserto e os árabes andando em grupos com os camelos?


Pois estes são os Beduínos que habitam nos desertos do Oriente Médio e do norte da África. Eles representam apenas 10% dos habitantes do Oriente Médio, são nômades (que não possue habitaçao fixa) e vagueiam pelo o deserto. Vivem se deslocando de região para região para praticar o comércio e o pastoreio.

No Verão quando avistam algum oásis prometedor, eles então montam suas tendas feitas de pele de cabra e de camelo, durante a noite depois de recolhidos, eles acendem suas lamparinas.
Praticamente todos os beduínos seguem o Islã, criam ovelhas e cabras para sua fonte de alimento e o camelo é o seu meio de transporte. Eles se deslocam durante o inverno e observam o céu para se orientarem durante a viagem. Analisam também pegadas na areia e conseguem distinguir quando passou alguém, se era homem ou mulher
.Mulheres Beduínas

O casamento dos beduínos começam muito cedo e eles preferem escolher pessoas da mesma tribo para casar-se, para então preservar o seu povo. As mulheres fazem a grande parte do trabalho, como montar tendas, fazer a comida, cuidar das crianças, tratam dos anciões e confeccionam roupas. Os homens e os filhos mais velhos acompanham o rebanho e em casa descansam, conversam e bebem algo. As mulheres beduínas são muito reservadas e caso chegar qualquer tipo de visita na tenda, elas se escondem e é o dever do homem receber visita, principalmente de turistas. Dizem que as mulheres optam por roupas pretas pois estas são bem visíveis no deserto, de forma que os homens possam avista-las de longe e já saibam que há alguma mulher por perto.

O estilo de vida desse povo começou a entrar em decadência logo após a Primeira Guerra Mundial (1914-1981), por conta do controle dos governos dos países onde viviam que dificultou a perambulação no deserto como nomâdes, os deixando cada vez mais sedentários. Porém a adesão ao Islamismo e o forte caráter tribal das sociedades permanecem.

O nome Beduíno é derivado da palavra árabe al bedu que significa habitantes das terras abertas.
 

Show Me The Stars Template by Carly Lloyd Designs